Pedagogia: curso, carreira e mercado de trabalho

27/04/2016

Saiba mais sobre a profissão de Pedagogia, qual curso fazer e como é o mercado de trabalho para este profissional!

Estudioso das teorias de ensino e aprendizagem, o pedagogo pode atuar em diversas dimensões da Educação. Ensino infantil, fundamental e médio, gestão de escolas e coordenação de treinamentos em empresa são apenas alguns exemplos de áreas onde o profissional da Pedagogia pode atuar.
Saiba mais sobre a profissão de Pedagogia, qual curso fazer e como é o mercado de trabalho para este profissional!

Especializações da carreira de Pedagogia
São muitas as especializações que o profissional da Pedagogia pode buscar ao longo de sua carreira. Conheça algumas:

  • Gestão Escolar: Voltada para a administração de instituições de ensino, gerenciando instalações, recursos humanos e financeiros.
  • Pedagogia para Educação Especial: Desenvolvimento de práticas e conteúdos escolares específicos para crianças, jovens e adultos portadores de necessidades especiais.
  • Orientação Vocacional: Tem por objetivo ajudar e orientar estudantes quanto à escolha profissional.
  • Pedagogia Social: Desenvolvimento de atividades e conteúdos específicos para ONGs.
  • Ensino a distância: Planejamento, coordenação e desenvolvimento de materiais para veiculação em cursos EAD.
  • Pedagogia Empresarial: Envolve o treinamento e capacitação de funcionários de uma empresa.
  • Mercado de Trabalho em Pedagogia

A Pedagogia é uma das áreas com maior taxa de empregabilidade no Brasil. Segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), 94,13% dos pedagogos estão empregados.

O pedagogo pode trabalhar em empresas de diferentes setores:

  • Instituições de Ensino: como professor até o 5o ano, supervisor, psicopedagogo, coordenador/orientador pedagógico ou diretor.
  • Órgãos públicos: municipais, estaduais ou federais, planejando, fiscalizando e coordenando programas e políticas públicas educacionais.
  • Empresas privadas: nas áreas de Recursos Humanos, Treinamento e Desenvolvimento, Responsabilidade Social, etc.
  • ONGs: desenvolvendo e coordenando programas sociais e educativos para o desenvolvimento da comunidade.
  • Instituições de Saúde: na aprendizagem, recreação e apoio emocional de crianças e adolescentes internados para tratamento.
  • Indústria de brinquedos: pesquisa, consultoria, análise e produção de brinquedos, classificação de faixa etária.
  • Cultura: orientando atividades educativas em estabelecimentos como: museus, bibliotecas, brinquedotecas, centros culturais e recreativos.
  • Mídia e Editoras: elaborando e analisando conteúdos para o público infantil, programas educacionais, livros infantis, didáticos e paradidáticos.

Fonte: Guia da Carreira